Vanessa Lima

Vanessa Lima​, iniciou os seus estudos musicais aos 12 anos, na classe de contrabaixo do Professor Alexandre Samardjiev, na ARTAVE. Em 2014, terminou a licenciatura na Escola Superior de Música de Lisboa, na classe do Professor Manuel Rêgo. Desde 2014 até Julho de 2017 frequentou um curso de aperfeiçoamento instrumental na Escuela Superior de Música Reina Sofia, em Madrid, na classe dos professores Duncan Mctier e António García Araque. Foi bolseira da Fundación Albeniz (Espanha) e GDA (Portugal).
Participar em masterclasses com Vladimir Kousnetsov, Y. Tathagdieva, Massimo Giorgi, Petia Bagovska, Chi Chi Nwonoku, Daniel Machado, Miguel Franco, Marc Ramirez, Nabil Sheata, Dorin Marc, Mathew Mcdonald.
Como músico integrado, colaborou com a Royal Scottish National Orchestra, Orquesta Freixenet da Escuela Superior de Música Reina Sofia, Banda Sinfónica Portuguesa, Estágio Gulbenkian para Orquestra, Orquestra Aproarte, Orquestra Sinfónica da Esml, Orquestra da Esart, e, tendo trabalhado com vários maestros, entre os quais: Pedro Neves, Cesário Costa, Joana Carneiro, David Afkham, Lawrence Foster, Krzysztof Urbanski, Pablo Heras Casado, Plácido Domingo, Juanjo Mena, Ton Koopman, Christoph Eschenbach, Michael Sanderling, Vasily Petrenko, Giandrea Nnoseda, Manfred Honeck, entre outros.
Teve, ainda, a oportunidade de ingressar em orquestras de jovens como Young Franco-German Philharmonics (Alemanha-2013), World Peace Orchestra como chefe de naipe (Nova Iorque – 2013), Mediterranean Youth Orchestra como chefe de naipe (França-2016), Schleswig-Holstein Musik Festival (Alemanha-2017) e é membro da European Union Youth Orchestra desde Março 2018, apresentando-se em concertos nas salas mais importantes do mundo como BBC Proms London, Conceertgebouw Amsterdam, Konzerthaus Berlin, Dubai Opera, etc.
Actualmente, colabora regularmente como reforço da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, Orquestra Clássica de Espinho e Orquestra Gulbenkian.
Apresentou-se como solista com a Camerata “Silva Dionisio”, em Lisboa.