Iva Barbosa

Uma das clarinetistas portuguesas mais destacadas, Iva Barbosa é detentora dos mais importantes prémios nacionais, bem como de várias distinções internacionais. Iniciou os estudos musicais com o seu pai, prosseguindo-os no Conservatório de Música do Porto e na Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo do Porto nas classes dos Professores Adam Wierzba e António Saiote, respetivamente.

Foi premiada em mais de uma dezena de concursos, dos quais se destacam o 1.º Prémio no XII Concurso de Interpretação do Estoril/Prémio El Corte Inglés, o 1.º Prémio no Concurso Jovens Músicos/RDP, 1.º Prémio no I Concurso Internacional de Clarinete do Porto, o 1.º Prémio no Concurso Jovem Revelação do Rotary International, o 2.º Prémio no Concurso Internacional Young Artist Competition (Utah, E.U.A.), o 2.º Prémio no Concurso Internacional Villa de Montroy (Valência, Espanha) e o Prémio Maestro Silva Pereira. Foi, ainda, semifinalista no Concurso Internacional Primavera de Praga.

Tocou como solista com várias orquestras, entre as quais a Orquestra Nacional do Porto, a Orquestra Académica do Porto, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra Filarmonia das Beiras e a Orquestra Sinfónica Portuguesa. Tem-se apresentado a solo, com orquestra e em música de câmara em todo o país, bem como em Itália, Bélgica, Espanha, Japão, China e Canadá.

Paralelamente à sua atividade artística, tem desenvolvido uma intensa experiência pedagógica. Lecionou na Escola Profissional de Arte de Mirandela, na Academia de Música de Costa Cabral, no Conservatório de Música das Caldas da Rainha, na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, no Conservatório de Música do Porto, na Escola Profissional Metropolitana, no Instituto Piaget e na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto.

Atualmente é 1º Solista da Orquestra Gulbenkian e membro do Quarteto Vintage.